• Correio Rondoniense

Vilhena registra 2º morte por covid-19, número de infectados sobe para 214

Vilhena registrou seu segundo óbito de paciente com covid-19 nesta quarta-feira, 10 de junho. A cidade registrou ainda, nesta quarta-feira, 14 novos casos confirmados de vilhenenses, todos por meio de testes rápidos. Além disso, nos últimos dois dias a cidade registrou 101 novos casos suspeitos, 37 casos negativos e 3 pacientes recuperados. Dessa forma, Vilhena registra, até as 20h de hoje: 214 casos confirmados de vilhenenses, 2 óbitos, 4 positivados moradores de outros estados e 99 casos suspeitos. Há atualmente no município 157 casos ativos de moradores de Vilhena e 4 de outros estados. Estes são os pacientes que podem transmitir a doença, visto que 55 já estão recuperados e um veio a óbito.


O paciente que veio a óbito era do sexo masculino e tinha 52 anos. Internado na UTI da Central de Atendimento à Covid-19 com necessidade de respirador desde o dia 2 de junho, o paciente era morador do bairro Moisés de Freitas.


Estão internados 6 pacientes em isolamento na Central de Atendimento à Covid-19, sendo 3 na UTI com necessidade de respirador, sendo um do sexo masculino com 40 anos e dois do sexo masculino com 60 e 61 anos. Os outros 3 pacientes estão internados na Enfermaria da Central, sendo um do sexo masculino com 15 anos e dois do sexo feminino com 50 e 57 anos. Todos os demais casos, sejam suspeitos ou confirmados, estão com recomendações expressas de cumprir isolamento domiciliar, pois não apresentam sintomas ou têm apenas sintomas leves.


Detalhes sobre os testes rápidos, divergências na retestagem e informações sobre os métodos de diagnóstico da covid-19 foram explicadas hoje pela Prefeitura de Vilhena em documento pormenorizado.


A campanha de vacinação contra a gripe, que ia até 5 de junho foi prorrogada para durar até o dia 30 de junho.


A pandemia do novo coronavírus prejudica financeiramente grandes e pequenas empresas. Preocupada com isso, a Semtic (Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio), junto ao Banco do Povo e da Casa do Empreendedor, trabalha neste momento oferecendo ajuda aos microempreendedores com empréstimos de até R$ 30 mil que colaboram para que os negócios locais ganhem fôlego em meio à crise.


O boletim do Governo do Estado apresenta, às vezes, atraso em relação ao do município pois a Agevisa (Agência Estadual de Vigilância Sanitária) contabiliza apenas os casos positivos registrados até as 12h, enquanto a Prefeitura de Vilhena inclui em sua contagem os confirmados até o início da noite. Portanto, a diferença, se houver, será sempre com o boletim de Vilhena registrando alguns casos a mais que o boletim do Estado.


Vilhenenses que apresentarem sintomas de covid-19 devem procurar a Central de Atendimento à Covid-19 ou ligar para os números: 3321-4338 (das 7h às 13h e das 15h às 17h, de segunda à sexta-feira) ou 98442-1163 (devido à grande quantidade de ligações, cerca de 200 por dia, nem todos conseguem contato). Denúncias de descumprimento de normas de Saúde podem ser feitas pelos números: 190 da Polícia Militar (24h) ou 3322-1936 da Vigilância Sanitária (7h às 17h30, de segunda a sexta-feira).


O Estado registrou até o momento 9,8 mil casos confirmados e 267 óbitos. No Brasil o número de casos confirmados já ultrapassou 775 mil, com 39,8 mil mortes. No mundo são 7,4 milhões de casos confirmados e 418 mil mortes.


Fonte: Semcom

273 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Facebook Correio Rondoniense
  • Twitter Correio Rondoniense
  • Instagram Correio Rondoniense
  • Youtube Correio Rondoniense

© 2020 por Correio Rondoniense. Orgulhosamente criado por Influence Comunicação.

RONDONIENSE