• Correio Rondoniense

Pare de reclamar da crise, adote postura aguerrida

por Emerson Pinduka


Hoje resolvi parar e analisar a linha horizontal do tempo, nos contextos mais difíceis economicamente, no brasil e no mundo.

Arte: Reprodução/Internet

Me deparei com algumas situações, tais como: A bolha de 29, Revolução Industrial, a gripe suína. E a pergunta que não quer calar: Quando neste período todo você, e os que sobreviveram a estes momentos perderam a confiança em um amanhã melhor, e até mesmo em vocês próprios?


Vejo empresários com sangue nos olhos enfrentando todos os problemas e todas as guerras, porque acreditam na sua ideia e no seu empreendimento. Entretanto, após abrir o empreendimento, basta a empresa estar se pagando para perder essa postura aguerrida, e esquecer de relançar sua empresa dia a dia com inovação e busca de novos mercados. Vejo poucos que continuam com essa postura de mudança constante. Uma grande maioria se esconde atrás de orgulho, e se fecham para novos aprendizados. É neste momento que são abduzidos pela cegueira emocional, e esquecem de buscar apoio e ajuda onde deveriam, e ficam andando em círculos favorecendo o domínio da entropia sobre o processo.


Todo problema é temporário e passageiro e nos oportuniza deixar um legado melhor. Uns dando seus exemplos de DOR E MORTE, e outros com seus Exemplos de DOR E SUPERAÇÃO.


Hoje você não está vendendo OK? NO ENTANTO ESTÁ TUDO BEM! Mas tem pessoas que só tiveram oportunidade de ganhar dinheiro, porque isto tudo está acontecendo. Já pensou que agora é a sua vez de passar pelo que talvez estas pessoas tenham passado por muito tempo no seu ciclo POSITIVO DE VENDAS, e sobreviveram?


Costureiras que se reinventaram e estão ganhando dinheiro com a venda de máscaras ou mais além ainda, ao invés de demitir, contrataram, pois identificaram necessidade no mercado de consumo de roupas especificas para a linha de frente no combate ao covid-19, nos hospitais; Restaurantes que descobriram, que pelo delivery acabam tendo uma margem maior de lucratividade do que com toda a estrutura aberta; motoboys que tiveram sua renda maximizada, por conta da onda do delivery, entre outros muitos segmentos que souberam aproveitar tudo isso que está acontecendo.


Vi várias famílias se formalizarem como MEI e terem a oportunidade de vender em delivery. Tenho certeza, que haverá os que irão dizer que estes não geram empregos, não pagam impostos. Tenho que concordar com você! Mas pense que hora ou outra eles seriam seus concorrentes, e em que momento você estaria se preparando para isto?


Se analisarmos com mais calma, você tem vários motivos para agradecer basta se oportunizar por um instante, afastar e abster se do foco nos problemas e nas coisas Ruins, e verás que muitas das coisas Ruins e dos Problemas, estão lhe fazendo mais forte dia a dia e lhe oportunizando a repensar o seu negócio. Você esta aproveitando esse momento como?


Você já está ciente, que a partir de agora teremos um NOVO NORMAL? Pois bem, quais são suas buscas atuais para sobreviver? Foco no crédito para pagar as contas? Apenas isto?


As empresas que estão se sobressaindo olharam primeiramente para elas mesmo e se perguntaram no que precisariam mudar. Algumas inclusive mudaram seu modelo de negócio, pois acompanham fontes de informações confiáveis que apontam um novo comportamento do cliente a partir de agora. Quais são as informações que você vem lendo, e quais são estas fontes? Sabemos que não podemos receber ideias construtivas de quem nunca construiu nada.


O Governo Federal, Instituições como Sebrae, Endeavor utilizando de sua estrutura e rede de parceiro, montaram a maior rede solidaria de apoio as micro e pequenas empresas, bem como a todos os empreendedores, para auxiliá-los a superar este momento tão difícil. Mas encontram um grande problema além do covid-19, que é justamente a resistência em aceitarem ajuda. Quando a ajuda foge do toque de apoio por meio financeiro, a grande maioria foge, continuando na mesma estrutura de roleta russa dos negócios. Aqui faço um alerta: sem gestão, sem conhecimento e inovação seus dias estão contados e não será mais dinheiro, que irá lhe salvar. Dinheiro viabiliza por em pratica uma estratégia de recuperação ou crescimento, mas jamais cria oportunidade.


Os clientes estão locos para consumir, mas não irão o fazer como antes. Então busque ajuda para realizar usas análises e redesenhar o seu negócio. Deixe de apagar incêndio e solucione de vez a fonte do fogo.


Passe a ser grato pelo que ainda te resta, pois a gratidão é a ponte que acelera, e que conecta você aos seus sonhos. Então seja grato e aceite os presentes que o HOJE lhe tem dado hoje. Seja grato pelas coisas que são boas e pelas Ruins, pois elas sempre nos proporcionam aprendizado e reflexão de qual caminho estamos seguindo.


Quando as ruins acontecerem, respire fundo e pergunte: o que aprender com isso, E agradeça pelo aprendizado.


VOCÊ ESTA VIVO, ESTA QUERENDO UMA GRAÇA MAIOR DO QUE ESTA?

12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

  • Facebook Correio Rondoniense
  • Twitter Correio Rondoniense
  • Instagram Correio Rondoniense
  • Youtube Correio Rondoniense

© 2020 por Correio Rondoniense. Orgulhosamente criado por Influence Comunicação.

RONDONIENSE