• Correio Rondoniense

Ministério Público de Rondônia estabelece fluxo para acompanhar casos suspeitos de coronavírus entre

A Gerência de Recursos Humanos do Ministério Público do Estado de Rondônia (GRH/MPRO), por meio do Setor de Assistência à Saúde (SEAS), estabeleceu um fluxograma de acompanhamento de casos suspeitos de coronavírus (COVID-19) entre membros e servidores da Instituição.

O primeiro contato deve ser feito com o Setor de Assistência à Saúde (SEAS). O servidor ou membro deve também preencher o formulário de uma pesquisa para relatar informações sobre seu quadro clínico. A pesquisa é uma das ações efetivas do Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Procuradoria-Geral e Corregedoria-Geral, buscando proteger e manter o controle da saúde de seus membros, servidores e colaboradores, em decorrência da Pandemia do Coronavírus,  e, em especial, para monitorar, gerir e acompanhar os possíveis casos da doença.


O Fluxograma estabelece todas medidas que serão adotadas após a comunicação de Membros e Servidores que apresentam sintomas da COVID-19, que deverão informar com quais integrantes de suas equipes tiveram contatos. A partir daí, servirão monitorados diariamente pela equipe do SEAS, que também oferecerá orientações e informações de como o Membro e o servidor deverá proceder para buscar atendimento médico.


Fonte: Assessoria MP

Foto: MP

7 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Facebook Correio Rondoniense
  • Twitter Correio Rondoniense
  • Instagram Correio Rondoniense
  • Youtube Correio Rondoniense

© 2020 por Correio Rondoniense. Orgulhosamente criado por Influence Comunicação.

RONDONIENSE