• Correio Rondoniense

CPI que investiga Marcos Cabeludo e Graebin pode ser prorrogada

A possibilidade de prorrogar o prazo para finalizar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi confirmada pelo Departamento de Comunicação da Câmara de Vereadores de Vilhena em comunicado enviado à imprensa na manhã desta quarta-feira (27).


A questão pode ser apreciada na na sessão extraordinária prevista para ser realizada na próxima sexta-feira (29). Para ser discutida durante sessão essa pauta primeiro precisa ser aprovada na reunião das comissões que define os assuntos que irão ser tratados nas sessões.


A reunião das comissões vai ser realizada nesta quinta-feira (28). No comunicado está especificado que durante esta reunião deverá ser discutido nove Projetos de Lei (PL) e também a dilação do prazo por mais 120 dias da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que apura supostas irregularidades cometidas pelo vereador Antônio Marco de Albuquerque e pelo ex-vereador Vanderlei Amauri Graebin.


Em virtude da prevenção contra o Coronavírus (Covid-19), a reunião das comissões e a sessão extraordinária serão fechadas ao público. Na sessão, apenas profissionais da imprensa e servidores indispensáveis podem ter acesso, com uso obrigatório de máscara.


O pedido de CPI


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instaurada após um empresário protocolar em dezembro de 2019 denuncia, junto ao legislativo vilhenense, com efeito para instaurar uma CPI para investigar o vereador Marcos Cabeludo e o ex-vereador Wanderlei Graebin.


O pedido foi motivado por conta de ações do Ministério Público Estadual quanto a possíveis irregularidades cometidos por ambos na época que presidiram o parlamento. Investigações da Polícia Civil detectaram possíveis irregularidades em licitações de contratação de empresas que deveriam prestar servições à Câmara de Vereadores.



*Autor: Da Redação com informações da Câmara de Vereadores de Vilhena

Foto: Reprodução/Internet

29 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Facebook Correio Rondoniense
  • Twitter Correio Rondoniense
  • Instagram Correio Rondoniense
  • Youtube Correio Rondoniense

© 2020 por Correio Rondoniense. Orgulhosamente criado por Influence Comunicação.

RONDONIENSE