• Correio Rondoniense

A demissão de Mandetta e a política da descontinuação

por Márcio Baía

A sociedade brasileira, vem sofrendo com o fogo cruzado que se instalou entre Prefeitos, Governadores, Congresso Nacional e o Governo Federal. Com a linha orientadora de repulsa ao isolamento social, o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) vem encontrando barreiras para dialogar com a sociedade e com os demais poderes da República.

O último ato político de Bolsonora, que demitiu o então ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, causou rupturas nas relações do governo com a base aliada, e intensificou o discurso da oposição, contra as ações estratégicas de enfrentamento contra a pandemia.

Mandetta, construiu com as autoridades em saúde sanitária, importantes possibilidades de controlar a disseminação do COVID-19, através do isolamento social, que com isso desagradou a ala mais conservadora do governo Bolsonaro, provocando assim, a já esperada demissão.

O conflito sobre qual concepção de política a ser adotada para controlar a pandemia foi tão intenso, que, aliados de Jair Bolsonaro vinham se posicionado contra a ideia de demissão do agora ex-ministro. Com a manifestação contraria a demissão de Mandetta, a ala progressista que ainda permanecia no governo, começa a desembarcar.

Mandetta, vinha agradando “gregos e troianos” da república brasileira, através de medidas claras e diretas. A demissão foi tão impactante que até a bancada do PSOL na Câmara, oficializou denúncias à Organização Mundial de Saúde (OMS) e também à Organização das Nações Unidas (ONU).


Os parlamentares alegam descontinuidade de gestão em plena pandemia, e também alegam que a demissão de Mandetta é um ato para contrariar as medidas indicadas por autoridades sanitárias nacionais e internacionais no combate e prevenção ao novo coronavírus.

29 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Reforma social atual

Crie um subtítulo para o post no blog que resuma numa frase curta e atraente o seu post. Assim seus leitores vão querer continuar a ler. Bem-vindo ao post no seu blog. Use este espaço para conectar-se

Receba nossas atualizações

  • Facebook Correio Rondoniense
  • Twitter Correio Rondoniense
  • Instagram Correio Rondoniense
  • Youtube Correio Rondoniense

© 2020 por Correio Rondoniense. Orgulhosamente criado por Influence Comunicação.

RONDONIENSE